Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Meu Clube É a Seleção!

Os pensamentos de uma simples adepta da Seleção Nacional, que não percebe assim tanto de futebol mas que é completamente maluca pela Equipa de Todos Nós.

Portugal 1 Bósnia 0 - Um passo de passarinho em direcção à Africa do Sul

Jogou-se Sábado passado, no Estádio da Luz, a primeira mão do play-off de acesso ao Campeonato do undo 2010 que opõe a Selecção Portuguesa e a Selecção Bósnia. A equipa da casa ganhou por 1-0, golo de Bruno Alves aos 31 minutos da primeira parte.

Foi um jogo assim assim, muito intermitente, com alturas em que os portugueses dominaram e alturas em que os bósnios nos pregaram uns sustos valentes. Com muitos nervos, mas quase não há jogo oficial de Selecção sem nervos. Ainda por cima sendo este tão importante. Já se viu a Selecção jogar melhor, mas também já se viu a Selecção jogar pior. Há que ter em conta que a Selecção Bósnia estava lá para ganhar, que ficaram em segundo lugar no seu grupo e não chegaram lá por acaso. O único golo é fruto de uma jogada conjunta de Deco, Nani e Bruno Alves. Como os Bósnios não marcaram em resposta, esta vantagem pela margem mínima pode dar-nos muito jeito para o jogo de amanhã.

Um dos "homens" do jogo foi a Sorte que, no Sábado, esteve do nosso lado, talvez para compensar o facto de nos ter abandonado ao longo da qualificação. Quando os bósnios atiraram aquelas duas bolas à trave ficou bem claro que a Nossa Senhora do Caravaggio estava connosco. Eu quase tive um ataque cardíaco com o susto e o comentador até exclamou: "Isto é o Euromilhões para o Carloz Queiroz!". Para ele e não só, para todos nós. Se os Bósnios tivesse marcado, nos ficávamos, passe a expressão, "lixados".

Esta jogada surgiu, de resto, já perto do fim do jogo, numa altura em que os bósnios fizeram imensas ameaças, como que mostrando que não iam sair derrotados na Luz sem dar luta, sem tentarem marcar também. Eu já suplicava pelo final do jogo, antes que a bola cruzasse a linha da baliza defendida por Eduardo. Graças a Deus, tal não chegou a acontecer.

Outro dos pontos que marcaram o jogo foi o número de faltas. Os bósnios foram um bocado agressivos, fartaram-se de nos marcar faltas. E alguns deles eram bem corpulentos, comparados com alguns jogadores nossos... No entanto, foram eles que saíram mais prejudicados, uma vez que três deles perderam o direito de jogarem na segunda mão, incluindo o capitão. Pode ser mais uma coisa que jogue a nosso favor, mas mesmo assim, não é de fiar. Sabe-se lá se eles não têm bons suplentes no banco.

O Estádio da Luz estava completamente cheio e, como de costume, os adeptos foram fantásticos. O décimo segundo jogador voltou a ser homem (e mulher) do jogo. Mereciam um resultado um bocadinho mais dilatado, mas não se podem queixar. Tive pena de não poder estar lá.

Em suma, pode-se dizer que o resultado é o menos mau para nós. Mas deixa tudo em aberto para amanhã. Já deu para ver que os bósnios querem estar no Mundial, que não estão ali para facilitar. E se no jogo de Sábado houve uma amostra daquilo que são capazes, amanhã, com o Estádio do lado deles, aposto que ainda nos vão criar mais problemas. Vai ser um jogo ainda mais difícil do que o último, que já não foi nenhum piquenique.

Entretanto, a Galp lançou uma campanha para apoiar a Selecção neste play-off, campanha essa que inclui uma nova versão da música do Menos Ais. Para ouvirem, venham a este site: http://www.queromais.pt/ . A letra que está no site tem uns quantos erros, portanto, vou escrever aqui a letra como deve ser:

Quatro, seis, oito, dez
África do Sul, agora é a tua vez.
O grupo já passou, como lá tinha que ser
Suado, chorado que o 'tuga tem que sofrer
Continhas até ao fim não é tradição, é sina
E agora já só falta a Bósnia-Herzegovina

Palavras do Professor: eles não são equipa fraca
Mas acredita, Queiroz, não vamos dar barraca
Nem penses. Não dispenses uns berros ao pessoal
Balneário empolgado, motivação coiso, e tal.
O people é sereno mas o play-off é p'ra ganhar
Que a nação fica valente é quando a bola entrar
Truques? Bruxarias? Mezinhas? Não!
Baza lá meu irmão, tu sabes esta canção.
Isto não tem grande ciência e o segredo
Está no refrão
Marca mais!
Corre mais!
Menos ais, menos ais, menos ais!
Quero muito mais!

Ronaldo, Liedson, Deco, Simão
Algum de vocês quer ver o Mundial pela televisão?
Bruno Alves, Eduardo, Tiago e João Moutinho
Vamos à África do Sul ou vai faltar um bocadinho?

Vitórias morais não têm arte nem engenho
'Bora lá trocar desculpas por mais empenho!
Jogaste mal? Corre mais. Correu mal? Sua mais.
Soa mal? Estás a mais! Ficar de fora já é demais!

Olha à volta e ouve os gritos de milhões que querem festa
Residentes, emigrantes, interessa é que seja desta
E depois de passares ainda estás longe do fim
Para levantares a Taça tens que fazer sempre assim.
Vai por mim!

Marca mais!
Corre mais!
Menos ais, menos ais, menos ais!
Quero muito mais!
Joga mais!
Sua mais!
Menos ais, menos ais, menos ais!
Quero muito mais!


É mais curta que as outras duas versões mas também não se justificaria escrever uma música daquele tamanho só para uma jornada dupla - e, provavelmente, não há muito mais a dizer que não isto. É exigente, como as outras duas músicas o eram, mas desta feita não pedem nada de mais. Ainda estou para descobrir porque é que não tivemos direito a um Menos Ais para o Euro 2008. Mas, se tudo correr bem e nós garantirmos um lugar no Mundial, pode ser que escrevam um para esssa altura.

No site estão ainda alguns vídeos de fotografias desta campanha, se não me engano capturadas no jogo de Sábado. Eu bem estranhei os fatinhos cor-de-laranja que alguns adeptos estavam a usar... A letra deste Menos Ais, à semelhança do que aconteceu com os outros dois, apenas exprime o desejo de 10 milhões de verem a nossa Selecção no Mundial 2010.

Enfim, é amanhã que se decide tudo. Está tudo em aberto. Faltam pouco mais de 24 horas. Vai ser um jogo de muitos nervos até ao último segundo do tempo de compensação da segunda parte. Impróprio para quem tiver problemas cardíacos.

Eu quero muito que passemos esta prova e que estejamos na Àfrica do Sul no início do próximo Verão. Quero mesmo muito! Neste momento, é o que mais quero. Quero que tudo isto tenha valido a pena. Ter acreditado sempre até ao fim, ao longo de todo o tempo, todos os jogos, todas as desilusões, quando todos me tentavam convencer que estava a perder tempo, que estava tudo perdido. Estas horas todas que gastei a actualizar o blogue, para que o Mundo saiba que estou com a Selecção até ao fim. Quero provar que tenho razão, que sempre tive razão em apoiar a Selecçao.

Tenho um bocado de medo que falhemos. Quem não tiver, que atire a primeira pedra. Contudo, acredito sinceramente na Selecção, que é possível corrigirmos de vez esta complicada fase de qualificação. Só deixarei de acreditar quando o árbitro amanhã apitar para o final da partida. Mas também, mesmo que esteja tudo a correr bem, só festejo a vitória depois desse apito. Até lá tudo é possível. Sei que temos capacidade para irmos ao Mundial. Só peço aos jogadores que dêem tudo o que têm amanhã, que retribuam todo o apoio que os portugueses têm dado à sua Selecção. Não é nada de mais. Certo?

1 comentário

Comentar post